sexta-feira, 27 de março de 2009

BOCA MOVIES-1: O INÍCIO DO SEXO


O INÍCIO DO SEXO
Direção: Walter Wanny
Brasil, 1983

Como definir esse filme? É um The Godfather made in Piracicaba. Walter Wanny sempre foi um montador bastante conhecido no cinema paulista dos anos 70 e 80. Seu trabalho em "Excitação" do mestre Jean Garrett é exemplar. Mas ele também foi diretor. Como diretor de grandes obras audiovisuais, Wanny realizou somente dois filmes: este "O Início do Sexo" e também o "A Tara do Touro" (que infelizmente ainda não vi).

Este filme é outro representativo da turma nonsense da Triunfo (que aglutinava diretores como Rafaelle Rossi, Agenor Alves, Eduardo Llorente, entre outros). Porém, como o filme tenta ser tudo (e realmente não é nada), acaba sendo um espetáculo bastante divertido. Moralismos de toda espécie, elenco primário, falas erradas e uma trilha sonora genial assinada pelo fantástico Dick Danello (cantor italiano que já teve programas em todas as emissoras de rádio AM de SP).

André e Lúcia são dois esquecidos pelo mundo. Juntos, eles são recolhidos pelo sr. Jonas, um generoso fazendeiro. O casal irá se meter em altas confusões, porque continuam atormentados pelo passado. Participações especiais da musa Dalileia Ayala (como uma prostituta que engana André) e de Claudete Joubert (dublada, fazendo a filha do sr. Jonas). Ruy Leal também aparece em algumas seqüências. Se você quer falar sobre Boca do Lixo de verdade, esqueça os filmes de Reichenbach, Garrett e tantos outros. "O Início do Sexo" é um trabalho que merece ser visto.
Cotação: ****

Cotação narradores de rádio
****- ótimo (Fiori Gigliotti)
***- bom (José Silvério)
**- regular (Ulisses Costa)
*- péssimo (Galvão Bueno)

Nenhum comentário: