sábado, 31 de julho de 2010

7 anos sem Noite Ilustrada


Na última quarta-feira, dia 28 de junho se completaram 7 anos de morte de Mário Souza Marques Filho, o lendário artista Noite Ilustrada. Mineiro de Pirapetinga, antes da fama ele era conhecido como Bom Crioulo. Foi nas boates e nos inferninhos de São Paulo que seu nome surgiu no cenário artístico nacional. Sempre gravou compositores da cidade (Jorge Costa, Vanzolini, Kazinho, Geraldo Filme), teve carrões, amou belas mulheres e foi um dos primeiros cantores negros a alcançar sucesso num país preconceituoso como o Brasil.


Mas nada disso parece interessar os membros dos nossos cadernos culturais e os centros acadêmicos. É somente nos sebos e no rádio AM que personagens brasileiros (e paulistas) como Noite sobrevivem. Triste? Muito triste!

3 comentários:

Gabriel Leão disse...

Pelo menos nas AMs ele sobrevive.
Mas vc lembrou dele e creio que onde estiver é muito grato.

Abraço

Anônimo disse...

Nossa, realmente essa data não teve nenhuma repercussão. Esse blog é pura nostalgia!

Márcio Feijó

antonico disse...

"Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima". Grande post.