quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

John Doo (1942-2012)

A notícia que você está lendo provavelmente não será dada nos jornais diários. Nem nas revistas semanais. Tudo isso porque estamos falando de um assunto que parece não importar os meios de comunicação. A memória da cultura popular é tratada no Brasil como algo menor. Mas esse texto não é para falar sobre isso. E sim comentar a importância de John Doo para o cinema brasileiro.

John Doo foi uma das grandes personalidades do Cinema da Boca. Não só por ter sido um realizador inteligente e ousado. Mas pela sua presença em dezenas de longas como ator. Era perfeito para papéis cômicos em que seu tipo oriental funcionava muito bem. Fora dos sets, era um homem inteligente, sensível e dedicado as artes plásticas. Conhecia profundamente o cinema internacional e tentava fazer trabalhos de temas difíceis (como em Ninfas Insaciáveis). Segundo o pessoal da época, era um homem educado e que respeitava os companheiros de filmagem. Esse começo de ano está sendo cruel para o cinema paulista. Perde-se um Pio Zamuner, depois mal vira o mês e perde-se um John Doo. Uma pena.

4 comentários:

Marcelo Colaiacovo disse...

RIP

Ailton Monteiro disse...

Escrevi um texto sobre PORNÔ! e devo postar no blog amanhã, em homenagem a Doo. Uma vergonha mesmo a mídia não ter se pronunciado quanto à morte dele.

Sergio Andrade disse...

Meu caro Matheus, seria esperar muito da imprensa que temos hoje que publicassem alguma notícia, mínima que fosse, sobre a morte do Doo. No Estadão, p. ex., não saiu nada.

back up diogo disse...

MEU AMIGO JOHN DOO ONDE ESTIVERES, SOUBE NESSE MOMENTO ATRAVÉS
] DO RABUJA RUBIROSA DO SEU "ENCANTAMENTO" GOSTARIA MUITO DE TER UM DVD DO FILME QUE PROTAGONIZEI COM A CLAUDIA MAGNO. "LEMBRANÇA DE MARIZA(?)" SABE COMO PODERIA TER ESSE DVD...QUEM SOUBER PROCURE O RABUJA...SOU UM HOMEM DE DURAS PARTIDAS, MAS SEI QUE NOSSA AMIZADE FOI ETERNISADA, ATÉ AMIGO DOO....