terça-feira, 19 de março de 2013

Filmes perdidos da Boca: A Volta do Jeca (1984)



Amácio Mazzaropi (1912-1981) foi um dos mais notáveis produtores do cinema brasileiro. O comediante sempre lançava seus filmes no cine Art Palácio, a maior sala de cinema da cidade de São Paulo na época. Todas as comédias de Mazza eram sucessos de bilheteria. Após a sua morte, alguns tentaram realizar fitas no mesmo estilo do humorista caipira.  Os resultados não funcionaram na maioria das tentativas. Em 1984, o diretor Pio Zamuner aceitou a empreitada de fazer um longa-metragem inspirado nas comédias do dono da PAM Filmes. 

O comediante Chico Fumaça (de Mágoas de Caboclo, Jeca e o Bode, entre outros) foi chamado para o papel principal. A grana era curta. Pio teve que recrutar atrizes dos filmes explícitos para fazerem papéis secundários. Muitas eram iniciantes sem qualquer formação em artes dramáticas. Mesmo assim, o diretor e fotógrafo italiano cumpriu a promessa: entregou o longa-metragem para os produtores na data combinada. Fracasso de público, A Volta do Jeca foi praticamente ignorado pela crítica especializada durante seu lançamento. Atualmente, todos os filmes de Mazzaropi estão disponíveis para o grande público em DVD. Fazem sucesso inclusive nos vendedores piratas. Acredito que nem o próprio Mazza esperasse que ele fizesse sucesso por tanto tempo. Mas e seus imitadores? Esses permanecem ignorados, destinados a serem uma mancha cinza do cinema brasileiro.

Um comentário:

Alexandre Rodrigues disse...

ja procurei uma copia desse filme nunca consegui encontrar